Carolina Canteli

CarolinacréditoEvertonFerreira_2.JPG

Carolina Canteli é bacharela e licenciada em Dança pela UNICAMP. É diretora artística e performer no Grupo MEIO e também colabora como performer, criadora e pesquisadora em dança com diversos artistas em São Paulo. 

Está como direção artística, coordenação, atividades formativas e performer no projeto ‘Corpos-paisagens: corpos que atravessam os fluxos da cidade’, do Grupo MEIO, (2021-20) o qual divide a direção com Everton Ferreira e Iolanda Sinatra. MEIO também teve apoio da lei emergencial Aldir Blanc (2020), de forma que sua produção atual se dá de forma combinada a partir de ambos os apoios, para oferecer atividades a todo e qualquer público interessado em dança, baseada em apontamentos críticos, éticos e estéticos, de modos possíveis de viver a urbe. 

Também trabalha em produções audiovisuais como: orientação coreográfica no filme ‘O HOMEM SEM UM NOME’, de Ricardo Gali (2020), diretor da Cia. Perversos Polimorfos, grupo o qual Carolina também participa de diversas criações, atividades formativas e de difusão em dança desde 2015. Sua participação na peça ‘SHINE’ (2018-17), também foi traduzida para o videodança ‘SOMBRAS’, que esteve na Quadrienal de Praga (2019). É performer em 'Gestos', de Felipe Teixeira com Mariana Molinos, em processo de edição (2021-20) e participou em ‘Construindo Beethoven - episódio sete: o gesto’, minissérie documental apoiada pela cultura artística e realizada pela USP (2020). 

 

Atuou em performances na interface entre dança e artes visuais, como: ‘TOTEM’, de Ludmila Porto na abertura | exposição 6ª Edição Prêmio EDP nas Artes, no Tomie Ohtake (2018); ‘Ação para Corpos Ressonantes’, performance site specific com direção e coreografia de Juliana Moraes para obra da artista visual Ana Maria Tavares - Pinacoteca (2017); ‘Eu Quero Ganhar Flores’ – dança no MIS (2017) e ‘ACESSO DE SACADAS DE ACESSO DE SACADAS’ - site-specific de dança CCSP (2015), ambos dirigidos por Gabriel Tolgyesi. 

 

Já no campo da gestão cultural, vale ressaltar sua participação em: Mapa da Dança da Cidade de São Paulo - Conectedance (2015); CRDSP (2015); equipe do Fomento à Dança (2014). Assiste à produção em projetos de dança, bem como em eventos de artes visuais e design, como SP-ARTE e Semana Criativa de Tiradentes.

Instagram: instagram.com/carolcanteli